Um carro solar é um veículo para transporte rodoviário. 

Carros solares estão equipados com sensores e medidores como visto em carros convencionais. 

Para manter o carro em bom estado de funcionamento, o motorista deve monitorar esses indicadores para identificar problemas que possam ocorrer. Carros sem indicadores quase sempre têm telemetria sem fio, a que permite aos passageiros monitorar a nível de consumo de energia do carro, o nível de captura de energia solar e outros parâmetros ; então o motorista precisa apenas concentrar-se na condução.

Carros solares combinam tecnologias comumente usadas nos setores, da aeronáutica, das bicicletas, das energias alternativas e do automóvel.

O projeto de conceituação de um veículo solar é altamente limitado pela quantidade de energia que pode ser capturada pelo carro. Atualmente, a maioria dos carros solares construídos tem sido para fins de competiçoes (desafios de carros solares).

Carros solares são cobertos com células fotovoltaicas para converter luz solar em eletricidade. Diferentemente da energia solar térmica, que converte a energia solar em calor (para fins domésticos, industriais ou de geração de energia), as células fotovoltaicas, elas excitam os elétrons e permitem que eles circulem, criando assim uma corrente elétrica. As células fotovoltaicas consistem em materiais semicondutores como silício e ligas de gálio, de indio e nitrogênio. O silício cristalino é o material mais utilizado e tem uma relação de eficiência entre 15 e 20%.